Desabafos - A vida fora do teu país

02:23

Então, hoje cá estou eu, em França, à pouco mais de um mês...
As palavras que nunca me esqueço, são de pessoas que me diziam : "vais vir cá cheia de carrões e tals..." "Vais ficar rica..." Só falavam monetariamente, e sim, eu vim por isso mesmo, vim buscar uma vida melhor, é certo, mas não é tudo um mar de rosas, como toda a gente julga.

Essas pessoas esquecem-se de que nós, temos familia, nós temos uma lingua, nós temos amigos, nós temos um lar, nós temos amor, nós temos sangue portugues, e nós temos que abandonar tudo, abandonar uma vida que sempre vivemos e começar do zero, começar uma vida, num mundo, que não é o teu.
A única coisa que trazemos são malas, um coração vazio e memórias que nunca mais serão as mesmas...

Se é duro? Todos os dias, cada hora que passa, é duro... 
Se foi escolha minha? Foi...
Porque? Não procurei aventura, não procurei o paraíso, procurei simplesmente um país, que me conseguisse dar alguma estabilidade e construir uma vida, uma vida que tão cedo infelismente não poderia ser em Portugal.
Não quero depender dos meus pais, morar com eles, até quase a idade da reforma... Eles já fizeram muito por mim, tudo o que podiam, mas estava na altura de seguir em frente, para mais tarde, ser eu a ajuda-los.
Sinto saudades, já nem sei o que mais sentir, mas sinto também apoio, eu tenho os pais, os avôs, o namorado mais incriveis do mundo, e devo-lhes tudo, porque sei, que lá e para eles, não é facil também.

Como é a vida aqui? Dificil...
Não sabes falar, e quando encontras um português, raros, são os que não te dificultam a vida e te lixam o mais que podem...
É verdade, estranho, ahn? 
Pessoas que passaram o mesmo que estas a passar, que pessoas que sabem o quanto estas a sofrer, mas pessoas que vivem de inveja e de superioridade. Não são mais que tu, mas se sentem maiores quando te podem calcar, e calcam...
Um dia, a vida encarega-se de tomar conta destas pessoas...


Beijos,

Marlene Martins*

You Might Also Like

0 comentários